Saltar para o conteúdo

CROSS INTERNACIONAL DAS AMENDOEIRAS EM FLOR REGRESSA À PISTA DAS AÇOTEIAS

17 de Janeiro de 2014

Programa inclui 51.ª Taça dos Clubes Campeões Europeus – No próximo dia 2 de fevereiro, a prova mundialmente conhecida pelo símbolo das “sapatilhas douradas” está de volta a Albufeira. O Cross Internacional das Amendoeiras em Flor traz ao concelho alguns dos nomes mais sonantes do atletismo que, este ano, irão disputar em simultâneo a 51.ª Taça dos Clubes Campeões Europeus de Cross.

cartaz

A 37.ª edição do Cross Internacional das Amendoeiras em Flor vai realizar-se no próximo dia 2 de fevereiro, na Pista das Açoteias. Este ano, a prova inclui a 51ª edição da Taça dos Clubes Campeões Europeus de Cross, que irá juntar mais de 500 atletas de 24 países e um vasto público para apreciar uma das competições desportivas mais importantes da região, que tem levado o nome de Albufeira além- fronteiras.

Croos Internacional das Amendoeiras em Flor feminino

Mas as competições não ficam por aqui. Antes da disputa do Cross e da TCCE (Taça dos Clubes Campeões Europeus) haverá ainda uma prova regional que conta com mais de meio milhar de participantes só do Algarve. O 12.º Corta Mato das Areias de São João tem início às 9h10, com os escalões de Benjamim, Infantil, Iniciado e Absoluto.

Atualmente, o Cross representa bem mais que uma simples prova de corta mato. Inclui, também, o Desporto Escolar, Desporto para Deficientes e Desporto de Formação, que reúnem perto de 2000 participantes em representação de 80 por cento das escolas algarvias. Este ano, o Corta Mato Regional do Desporto Escolar terá lugar no dia 7 de fevereiro, entre as 8h00 e as 17h30, na Pista de Cross das Açoteias. Nesta competição serão apurados os alunos e as escolas, dos escalões de iniciados e juvenis, de ambos os sexos, que irão representar a Direção Regional de Educação do Algarve no Corta Mato Nacional.

Croos1

No total, o programa do Cross Internacional das Amendoeiras em Flor irá envolver cerca de 3000 atletas de várias idades e nacionalidades, entre o Desporto Federado, Escolar e Adaptado.

Recorde-se que ao longo de 37 edições, o Cross atingiu um estatuto único na história do atletismo em Portugal. Por aqui passaram todos os corredores da “geração de ouro” do atletismo português e correram os grandes valores mundiais do corta mato. A prova nasceu das excelentes condições meteorológicas e da qualidade dos espaços existentes no Algarve para a prática desportiva. A sua denominação derivou de um dos cartazes mais conhecidos do Algarve – a floração das amendoeiras, também conhecida por “neve vegetal”. De janeiro a fins de fevereiro, diversas zonas do Algarve ficam cobertas em tons de branco e rosa, uma das grandes riquezas agrícolas do Sul de Portugal. Ano após ano, este tem sido o cenário de um evento que continua a atrair milhares de espetadores.

fonte CMA

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: