Skip to content

Aulas de Expressão Musical gratuitas no pré-escolar de Olhão

16 de Novembro de 2016

Este ano letivo começou em grande para as crianças do pré-escolar que frequentam os estabelecimentos de ensino público do Município de Olhão. Há mais uma novidade: desde outubro que os mais pequenos têm aulas de expressão musical gratuitas e estão a adorar!

2016-270-aulas-musica-pre-escolar-01
As novas orientações curriculares para a educação pré-escolar, concretamente no domínio da educação artística, em especial da Música, com a qual se pretende desenvolver nas crianças diferentes sensibilidades nas áreas da audição, interpretação e criação, levaram o Município de Olhão a contratar os serviços do Conservatório de Música local, num investimento de 25 mil euros/ano. Desta forma, a promoção desta atividade passa por uma sessão semanal de expressão musical em cada um dos grupos/turma existentes neste nível de ensino na rede pública do concelho de Olhão.
São 27 as turmas abrangidas, em todas as freguesias do concelho, o que corresponde a cerca de 650 crianças entre os três e os cinco anos. Pretende-se, a partir das experiências já vivenciadas pelas crianças, incutir o domínio gradual de instrumentos e técnicas, de modo a facilitar o acesso à arte e à cultura artística, desenvolvendo a criatividade e o sentido estético.
2016-270-aulas-musica-pre-escolar-03
A atividade  decorre em tempo curricular, dirigida a todos os alunos destes 27 grupos/turmas e é desenvolvido sempre em articulação e harmonia com as educadoras de cada grupo. Funcionará até ao final do mês de maio de 2017.
Esta iniciativa, pioneira na região algarvia, é vista com bons olhos tanto por pais como por educadores. Fátima Candeias, coordenadora da EB1e JI de Moncarapacho, refere: “É uma oferta que não teríamos, em termos profissionais, se não fosse esta iniciativa da Câmara de Olhão. É uma mais valia para o desenvolvimento das nossas crianças do pré-escolar”, refere a educadora.
Todas as crianças participam nestas aulas com grande motivação. Estão sempre muito atentas, porque é um momento diferente, requer desenvolvimento de competências diferenciadas e tem tido uma grande recetividade por parte dos grupos.
No final deste ano letivo, as 550 crianças abrangidas devem conseguir estar mais concentradas e despertas para o ritmo, para os timbres, para cantar, valorizar e despertar para diferentes músicas, mesmo interculturais. “É isso que preconizamos no nosso dia a dia. Claro que estas ajudas proporcionadas pela Câmara, muito específicas e profissionais, são ótimas”, acrescenta Fátima Candeias.
Ana Moura, professora de Iniciação Musical no Conservatório de Olhão e uma das docentes que participa nesta iniciativa, destaca a sua importância: “Com música é fácil motivar qualquer criança. Ainda não encontrei uma que não gostasse de música. Desde que as aulas começaram, e não foi há muito tempo, já percebo que estas crianças estão a ficar com uma cultura musical”, testemunha a professora.
Estas aulas desenvolvem capacidades e podem ajudar a que estes alunos venham a ser bons ouvintes. “Já começam a perceber que, se uma composição tem muitos instrumentos pode ser Beethoven, se não tem pode ser Vivaldi. E desenvolvem capacidades e competências para as outras áreas. Por isso é que para mim a música é uma disciplina essencial”, refere Ana Moura.
“Se falarmos com eles contando histórias, porque a vida pode ser uma história, despertamos-lhes a atenção. Se tivermos um brilho no nosso olhar quando transmitimos a mensagem, é fácil. Se eu tiver o respeito deles, é fácil. Mas temos de estar constantemente a motivá-los. Dar aulas a crianças de três, quatro ou cinco anos é complicado, muito mais do que a alguém mais crescido. Temos de estar sempre a injetar informação, não podemos parar porque senão perdemos a turma, o grupo todo. Temos de estar sempre alerta”, acrescenta a professora do Conservatório de Música de Olhão.
2016-270-aulas-musica-pre-escolar-04Ter nestas aulas professores que vêm com as competências do Conservatório despertar estas crianças para a música “é muito importante. Não é para vir ensinar claves de sol nem notas musicais, é despertar-lhes a vontade e o interesse pela música, e isso é que é difícil. E fazer com que esse interesse seja constante”, refere Ana Moura. Um dos seus objetivos, no final deste ano letivo, é que “estes meninos consigam ir com os pais a um concerto e sentirem-se motivados. Os filhos vão acabar por ensinar os pais e vamo-nos tornar todos mais cultos nesta área porque a música faz bem!

2016-270-aulas-musica-pre-escolar-02Transmitir alegria e tornar estas crianças do pré-escolar bons ouvintes, o que já começa a acontecer, é a chave mestra desta iniciativa do Município que tem custo zero para as respetivas famílias. E os mais novos, se forem despertos para tal, ouvem música erudita com o mesmo entusiasmo com que ouvem a música infantil, as canções de sempre.

fonte: MO

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: