Skip to content

CONFRARIA DOS CAVALHEIROS DA TÁBUA REDONDA PÕE “O DEDO EM DIVERSAS FERIDAS”

28 de Setembro de 2014
O dr.Paulo de Morais, vice-presidente da Associação Cívica Transparência e Integridade, desloca-se, no próximo dia 31 de Outubro, à Madeira como convidado especial do 7º. jantar/debate a promover pela Confraria dos Cavalheiros da Tábua Redonda, que irá realizar-se no ‘Restaurante do Forte de S.Tiago’, no Funchal, com a CORRUPÇÃO como tema de debate!
Foto de Confraria Cavalheiros Tábua Redonda.
Secretaria Regional do Ambiente  aposta na “prevenção através da reflorestação”.
 Entretanto, foi muito concorrido O 6º. jantar/debate da Confraria Cavalheiros Tábua Redonda realizado no dia 26 deste mês emCamara de Lobos. O convidado especial foi o Secretário Regional do Ambiente e Recursos Naturais, dr. Manuel António (centro na foto). O jantar/debate revelou-se mais um sucesso de cidadania activa e participação cívica. O convidado foi questionado por cerca de 60 confrades/confradesas sobre temas relacionados com o Ambiente, Agricultura e Pescas….

Foto de António Cartaxo.
 Uma perspetiva do ambiente do 6º. jantar/debate, em Camara de Lobos….
Foto de Rui Honorato Correia Gomes.
 De todos os convidados especiais que passam pela Confraria Cavalheiros Tábua Redonda há algo que fica sempre: A AMIZADE.
De todos os convidados especiais que passam pela Confraria Cavalheiros Tábua Redonda há algo que fica sempre: A AMIZADE.

Muito obrigado ao Dr. Manuel António Correia.
 O confrade e anfitrião António Cartaxo com o convidado especial.
Manuel António Correia lembrou a atuação da Secretaria Regional do Ambiente «ao nível da prevenção, através da reflorestação».
A erradicação do pastoreio desordenado, há uns anos, foi uma das medidas apontadas, assim como «a aquisição, para a posse pública, de cerca de 2 mil hectares a montante do Funchal, de Câmara de Lobos, que permitiu ter uma política pública de gestão desses espaços e de recuperação florestal, e, em consequência disso, já se plantaram mais de 410 hectares e 300 mil árvores», frisou.
A utilização de biomassa florestal (resíduos florestais) na Estação da Meia Serra é «outra iniciativa nova», sendo «uma situação muito bem conseguida, que permitiu poupar combustíveis fósseis, ajudar a limpar a floresta e aumentar a produção de energia, tudo com “know how” madeirense», congratulou-se o governante. Jornal da Madeira
Foto de António Rosa Cartaxo.
Foto de António Rosa Cartaxo.
Foto de António Rosa Cartaxo.
Foto de António Rosa Cartaxo.
Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: