Saltar para o conteúdo

ALGAR contribuiu para a aquisição de 2 aparelhos de videoendoscopia entregues ao IPO

25 de Fevereiro de 2014

Através do 5º peditório de pilhas e baterias lançado pela ECOPILHAS, sociedade gestora desta fileira de resíduos, em dezembro último, a favor do Instituto Português de Oncologia (I.P.O.), para o qual a ALGAR também contribuiu, foram recolhidas e recicladas a nível nacional mais de 4 milhões de unidades destes resíduos. Desta forma foi possível à ECOPILHAS doar ao IPO dois Aparelhos de videoendoscopia.

Imagem

A ALGAR é responsável pela valorização e tratamento de resíduos sólidos urbanos no Algarve e desde 2005, altura que mantém a parceria com aquela fileira, já encaminhou para reciclagem mais de 47 toneladas de pilhas e acumuladores.

As pilhas usadas nas sociedades desenvolvidas colocam um problema que é necessário resolver. Devido ao seu pequeno tamanho, parecem inofensivas, mas representam um grave problema ambiental. São constituídas por metais pesados tóxicos, como o mercúrio, o chumbo, o cádmio, que podem ficar retidos no meio ambiente durante milhares de anos. A sua deposição descontrolada no “lixo comum” pode tornar-se por isso altamente poluidora.

O gesto cívico de separar estes resíduos e colocá-los nos Pilhões, além de evitar riscos para a saúde pública, permite a reciclagem de materiais (ferro, óxidos de zinco, manganês e carbono), sem que seja necessário retirá-los da natureza, preservando assim os recursos naturais. 

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: