Saltar para o conteúdo

JOÃO MOURA 1º.JUIZ PORTUGUÊS DE SALTOS DE OBSTÁCULOS NOS JEM

19 de Fevereiro de 2014

A Federação Equestre Internacional (FEI) anunciou, no final de janeiro, a lista de oficiais para para os Jogos Equestres Mundiais (JEM) Altech FEI 2014, maior evento equestre do Mundo. João Moura é o primeiro juiz português de saltos de obstáculos nomeado para os JEM e, ao mesmo tempo, promovido à categoria de Level 4. Os JEM realizam-se em França, na Normandia, de 23 de Agosto a 7 de Setembro próximos, onde deverão participar cavaleiros(as) em representação de 60 países, na disputa por medalhas em sete disciplinas FEI.

IMG_1835

João Moura (na foto) terá como presidente do Júri nos saltos de obstáculos o canadiano Kim Morrison, sendo ainda acompanhado por David Distler (USA), René Billardon (França) e Bruno Laubscher, da Suíça.

Joao Moura com equipa de juizes

João Moura (1º.drtª), na cabine com os juízes de saltos, nacionais e estrangeiros, do Vilamoura Atlantic Tour

Em declarações a Algarve Press no Vilamoura Atlantic Tour, onde o juíz português liderou a equipa de juízes na primeira semana do concurso internacional, que está a decorrer em Vilamoura até 9 de março próximo, João Moura não escondeu o seu “grande orgulho” por ter sido escolhido pela FEI para estar presente nos Jogos Equestres Mundiais, a mais importante prova equestre mundial, ao mesmo tempo que subiu ao Level 4.

IMG_1948

João Moura inspeciona os saltos, quanto à sua distância e posicionamento das respetivas varas 

Salientando a “enorme responsabilidade” que vai ser representar o hipismo português nos JEM, João Moura não esquece ainda os “muitos jovens que estão a entrar na função de juízes de saltos”. Aliás, há cerca de duas semanas que o juíz internacional português lecionou um “curso para 36 novos juízes”, sublinhou.

Praticamente sem se deter, João Moura confessa o “desejo que mais juízes portugueses cheguem ao level4”, esclarecendo que “essa promoção não depende de exames mas do currículo proveniente da participação em provas nacionais e  internacionais, como aconteceu comigo”.

IMG_1950

Sem esquecer que é “proveniente de uma família ligada ao hipismo há várias gerações” –  “uma grande honra” para o juíz português, João Moura conclui com a garantia que tudo fará para “ajudar a consolidar o crescendo” de jovens cavaleiros(as), juízes, diretores de pista e comissários “que se tem vindo a verificar no hipismo português”, como se pode verificar no Vilamoura Atlantic Tour, da responsabilidade do seu irmão, António Moura.

Manuel Luís – t e f

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: