Saltar para o conteúdo

Estado da saúde no barlavento algarvio é tema a debater na próxima Teia D’Ideias

18 de Janeiro de 2014

O terceiro episódio da terceira série do ciclo de debates Teia d’Ideias está marcado para esta quarta-feira, 18 de dezembro, e abordará o tema “O Estado da saúde no barlavento algarvio”, numa tertúlia promovida pela Associação Teia D’Impulsos que terá lugar no Pequeno Auditório do TEMPO – Teatro Municipal de Portimão, a partir das 21h00. Segundo os promotores, num momento em que a qualidade dos cuidados de saúde públicos prestados no Algarve tem sido alvo do interesse mediático e suscitado o confronto de opiniões divergentes, torna-se necessário esclarecer os cidadãos e discutir quais as consequências para a saúde pública das recentes mudanças na gestão dos hospitais públicos da região, com a fusão do Hospital de Faro e do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio.

hospital Lagos

O fecho de especialidades médico-cirúrgicas, a insuficiência de recursos humanos e materiais, o alargamento do tempo de espera nas urgências, os atrasos na realização de exames e cirurgias ou o descontentamento expresso por utentes e profissionais de saúde têm feito notícia nos órgãos de comunicação social regionais e nacionais e suscitado questões que urgem em ser clarificadas, nomeadamente se estarão os cuidados primários prestados pelo hospital público a dar a adequada resposta às necessidades da população, quais as consequências diretas da reorganização dos serviços hospitalares para os utentes do barlavento algarvio e se o setor privado poderá colmatar as lacunas dos serviços prestados pelo hospital público.

hcf_edificio_1

Na intenção de promover uma discussão clara e capaz de abarcar os diferentes pontos de vista, foram convidados para o painel de discussão Pedro Nunes (presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Algarve), João Moura Reis (presidente do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Algarve), Ulisses Brito (presidente do Conselho Distrital do Distrito Médico do Algarve da Ordem dos Médicos) e Luís Batalau (médico e ex-presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio), sendo a Teia D’Impulsos representada por Vítor Dias, enquanto a moderação da troca de ideias estará a cargo de Nuno Silva.

2 comentários leave one →
  1. 18 de Janeiro de 2014 13:57

    Se a intenção é “promover uma discussão clara e capaz de abarcar os diferentes pontos de vista” os convidados para o debate deviam, obrigatoriamente, incluir representantes de outros grupos profissionais de saúde e não só médicos….. é já tempo dos Srs. jornalistas considerarem outras opiniões, outras fontes de informação…

    • 20 de Janeiro de 2014 14:15

      Lendo atentamente a notícia confirmará que a organização e realização deste evento é da responsabilidade da Teia D’Impulsos – ciclo de debates Teia D´ideias – nada tem a ver com jornalistas, muito menos com Algarve Press, que se limitou a publicar a notícia. De resto, concordamos com a sua observação. Manuel Luís

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: